ARAC
27 Maio 2018 | 01:56
Notícias
2018-05-25Renovação do software da Autoridade Tributária chumbada pelo Tribunal de Contas
O Tribunal de Contas recusou, por duas vezes, o visto para um contrato por ajuste directo para a compra de software e reforço da plataforma informática de aplicações da Autoridade Tributária (AT). Em causa estão violações aos princípios da concorrência.+
2018-05-24Europcar Longa Duração: carro novo, mais tempo
O novo renting Europcar Portugal é a resposta para quem quer carro novo sem preocupações. Todos os serviços estão incluídos no valor mensal.+
2018-05-24Mais de metade do preço dos combustíveis resulta de taxas e de impostos
Holanda, Itália, Grécia e Dinamarca são os únicos países que têm a gasolina 95 a um preço mais elevado que em Portugal. No primeiro trimestre do ano o Estado arrecadou 803,2 milhões de euros com o Imposto Sobre os Produtos Petrolíferos, mais 2,4% que no mesmo período de 2017. +

Notícias



Bruxelas dá dois meses a Portugal para transpor regras de inspecção automóvel
Jornal de Negócios


No quadro dos processos de infracção hoje movidos contra os Estados-membros por incumprimento da legislação comunitária, a Comissão indica que o pacote legislativo sobre inspecções técnicas, adoptado em 2014 para melhorar a segurança rodoviária na União Europeia, deveria ter sido transposto pelos Estados-membros até 20 de maio de 2017, mas "até à data, Portugal, Eslovénia e Espanha não o fizeram, ou apenas o fizeram parcialmente", razão pela qual enviou hoje pareceres fundamentados aos três países.

O executivo comunitário precisa que Portugal e Eslovénia "não adoptaram, não publicaram nem comunicaram à Comissão as medidas nacionais de transposição das regras actualizadas sobre inspecção técnica periódica dos veículos a motor e seus reboques".

A directiva em causa abrange os veículos ligeiros de passageiros, camiões, autocarros, reboques de pesados, motociclos e tractores com velocidade superior a 40 km/hora e define os elementos a verificar durante a inspecção técnica, os métodos de verificação, as deficiências e a respectiva avaliação. Esta lei comunitária também introduz requisitos mínimos para as instalações de inspecção, a formação dos inspectores e os organismos de supervisão.

"Todos os Estados-membros em causa têm agora dois meses para responder. Caso contrário, a Comissão poderá decidir instaurar-lhes uma acção no Tribunal de Justiça da UE", adverte Bruxelas.




Área Reservada
Como constituir uma empresa
Quer Alugar Carro?
Siga-nos
Seara.com