ARAC
05 Dezembro 2020 | 12:23
Notícias
2020-12-04Reembolsos encolhem com novas tabelas de retenção
Os salários e as pensões até 686 euros mensais ficam isentos de IRS no próximo ano. Governo diz que são 200 milhões de euros que ficam disponíveis para as famílias.+
2020-12-04TURISMO DE PORTUGAL LANÇA NOVA FORMAÇÃO GRATUITA E ONLINE PARA PROFISSIONAIS DO SETOR
O Turismo de Portugal vai lançar, a 9 de dezembro, o Programa Upgrade+
2020-12-04CLÁUDIA MONTEIRO DE AGUIAR: SE EXISTISSE UMA POLÍTICA EUROPEIA DE TURISMO “PODERÍAMOS TER COMO UM TODO EUROPEU FUNCIONADO MELHOR”
A eurodeputada Cláudia Monteiro de Aguiar participou, ontem, no APECATE Day conduzindo o painel “Política Europeia de Turismo: uma urgência adiada”. +

Notícias



Mercedes e BMW resistem melhor à quebra nas vendas de automóveis em Portugal
JORNAL DE NEGÓCIOS


As vendas de automóveis ligeiros em Portugal baixaram a menor ritmo em agosto e setembro, mas continuam com variações homólogas negativas, agravando o cenário do setor que continua a sofrer com os efeitos da pandemia em Portugal.

Segundo anunciou ACAP na quinta-feira, entre janeiro e setembro de 2020 foram colocados em circulação 127.168 novos veículos, o que representou uma diminuição homóloga de 38,4%. Tendo em conta apenas os automóveis ligeiros de passageiros, a queda foi de 39,3% para pouco mais de 105 mil unidades.

A queda nas vendas é transversal a todas as principais marcas do mercado português, mas a dimensão é distinta, destacando-se o desempenho de duas fabricante salemãs, que assim estão a conseguir ganhar terreno no mercado português.

As vendas da Mercedes-Benz desceram 18,9% para 10.289 unidades nos primeiros nove meses do ano. A queda é bem inferior à do mercado, o que permitiu à marca alemã subir a quota de mercado para 9,74% (7,29% no mesmo período do ano passado) e saltar para o terceiro lugar das mais vendidas em Portugal.

Tendo em conta as 10 marcas mais vendidas em Portugal, a BMW é a segunda que melhor está a resistir à queda nas vendas. Estas baixaram 28% para 7.278 unidades, pelo que a quota de mercado aumentou para quase 7% (no mesmo período do ano passado era inferior a 6%). O desempenho permitiu à BMW ascender à quarta posição das marcas mais vendidas em Portugal.

À frente das duas marcas alemãs está o par francês que tem liderado o mercado português, mas que este ano enfrenta quedas superiores à do mercado, com destaque para a Renault (-43,7%).

Olhando para o top20 das marcas mais vendidas, há outras que registam quedas bem abaixo do mercado, mas não há nenhuma com sinal positivo. A Hyundai (-15,9%) apresenta o melhor desempenho, sendo que a Volvo, Dacia Nissan e Audi caem menos de 30%.

Na galeria em cima veja qual foi a queda nas vendas das 20 marcas mais vendidas em Portugal nos primeiros nove meses deste ano.




Área Reservada
EMPRESAS JÁ DETENTORAS DO SELO "CLEAN & SAFE"
PEÇA AQUI O SEU SELO "CLEAN & SAFE"
Quer Alugar Carro?
Siga-nos
Seara.com